Hoje nós queremos compartilhar com vocês alguns conselhos interessantes. Esses conselhos podem ajudar novatos e designers mais experientes que tenham o pensamento aberto para coisas novas que possam dar um boost nas suas habilidades.

Os conselhos de hoje são de Jennifer Cirpici (Breaking Canvas), uma designer e ilustradora auto didata baseada na Holanda.

Para mais informações sobre Jennifer Cirpici você pode visitar o site dela em BreakingCanvas.com, conferir seu perfil no Behance Behance.net/jdeniz ou seguí-la no Twitter @JenniferCirpici.

Ninguém conseguiu atingir seus objetivos sem a ajuda de outras pessoas, então não pense que é possível fazer tudo sozinho. Apóie outras pessoas e elas apoiarão você. Jennifer Cirpici

1. Faça um portfolio online para mostrar seu trabalho

Existem plataformas criativas como o Behance, mas tente não usar serviços assim como seu site principal. Não se preocupe tanto com o design do site mas faça algo simples, bonito e onde seu trabalho chame atenção, não o layout em si. Mantenha a simplicidade e o foco.

2. Comece a usar mais sites sociais

Muita gente subestima o poder das redes sociais e as maneiras como você pode se beneficiar delas. Mas inscreva-se e realmente use serviços como Twitter, Flickr, Linkedin e você vai ver o quanto é possível se promover e conhecer outros artistas em sites assim. Tente deixar seu Twitter o mais profissional possível. Não jure, não seja muito egocêntrico, não seja uma máquina de RTs e não se preocupe em falar muito da sua vida pessoal.

Não são apenas seus clientes que vão acompanhar seus tweets mas também outras agências, então cuidado com o que fala. Se você se comportar como uma criança ou um piadista, pode diminuir suas chances no mercado!

3. Não pense muito em níveis

Existem vários jovens artistas que querem fazer seu máximo, acham que sabem tudo, são experientes, etc. E também existe o oposto: artistas que acham que os outros sabem muito mais que eles e querem ficar apenas no background.

O importante é você não pensar em níveis dessa maneira. Cada um tem sua própria maneira de criar, cada um tem seu estilo. Então não pense que você é melhor ou pior. Você tem sua criatividade, assim como todos os outros artistas. Respeite e aprecie isso.

4. Não pense tanto em regras, isso transparece em seu trabalho e deixa ele comum

Por acaso Van Gogh e Andy Warhol se preocupavam com regras?

5. Entre em uma agência

Antes de se tornar um freelancer, é bom entrar em uma agência para ter uma experiência legal e contar com algo em seu cv. Você vai aprender muito em uma agência e isso é importante.

6. Revistas

Muita gente fica se perguntando como podem ter seu trabalho divulgado em uma revista. Sinceramente? Apenas mande um email bacana com o link do seu portfolio e pergunte se eles tem interesse em conferir/mostrar seu trabalho. Eles gostam de receber emails simples e com bons trabalhos, até porque precisam de conteúdo para publicar.

7. Tenha um portfolio variado

Diversifique! Diversificar é algo muito importante para um designer. Muitos de nós esquecem disso e mantem o foco em apenas um estilo. Diversificação também pode ser um estilo, e isso pode chamar a atenção de vários clientes. Você pode mostrar alguns elementos chave em sua arte, mas mostre-os de maneira diferente. Não faça apenas manipulação de imagens, se puder faça mais que isso, faça uma fonte, faça algo diferente. Se você tem talento e criatividade, não coloque limites em seu trabalho!

8. Não seja preguiçoso e coloque a mão na massa!

Conheço muuuuita gente que não se esforça o suficiente, não se dedica o tempo suficiente para melhorar e promover seu trabalho, sua rede de contatos, etc.

Você é um designer. Se for preguiçoso, melhor trocar de carreira. Nesse mundo você precisa mostrar motivação e vontade de fazer as coisas acontecerem. Clientes e agências não querem contratar alguém sem motivação ou sem tempo.

9. Saiba o básico sobre seus programs & printing

Acho que isso diz muito... Conheça como funcionam masks, como fazer render, saiba o que é a pen tool, etc. E lembre que todo designer deve saber que a melhor maneira de imprimir é CMYK, 300 dpi, pdf. high quality with bleeds from 3 mm.

10. Sempre procure/aceite feedback/crítica

Mesmo que às vezes a gente não aceite feedbacks ou críticas de maneira muito tranquila, precisamos ouvir o que os outros tem a dizer do nosso trabalho. Isso é importante para nosso crescimento, desenvolvimento.

Palavras Finais

Nunca desista e acredite no seu trabalho. Isso significa que você não pode ser tímido ou pensar que as pessoas não notam seu trabalho entre os outros designers. Um bom designer também precisa ter algumas técnicas de marketing para mostrar para as pessoas onde você está...

About the author of this post

My name's François Hoang and my alias's Aoiro Studio. I am a self-taught freelance graphic designer from Montreal, Canada. If you wanna requests some posts; I can be found on Twitter or visit my website at aoirostudio.com.